Theme Layout

layout_first_grid

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

[Boxedwidth][caption2]

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

userId: 200280022, accessToken: '1677ed0.27286c4787d645babafe132cb8a61844',

Dark or Light Style

[Livro] God Of War




A história de Kratos marcou muito minha vida, principalmente na fase "adolescência em frente ao playstation 2". Até hoje é um dos meus jogos favoritos, e, quando eu vi o livro, fiquei super empolgada pra ler. O jogo God of War sempre chamou minha atenção pelo fato de possuir uma história meio fora do comum, sobre um mortal com uma missão de derrotar um deus olimpiano, e o fato de envolver mitologia grega me cativou bastante. O slogan promete "A História Oficial Que Deu Origem ao Jogo", atraindo tanto os jogadores fanáticos quanto aqueles que não tiveram oportunidade de zerar os jogos, mas querem se envolver na história. 


Sipnose:
Uma caixa lendária. Um deus traidor. Um guerreiro buscando perdão. No universo dos deuses, a vida é mais do que nuvem e poderes. Tão reais quanto os problemas que os mortais vivem na terra, a inveja, a traição e a maldade também estão presentes no Olimpo. Kratos é um guerreiro grego que trabalha para os deuses do Olimpo. Com a promessa de ser transformado em um guerreiro perfeito por Ares, o Deus da Guerra, Kratos, enganado por ele, acidentalmente mata a sua família, e segue amaldiçoado pela cinza da morte de seus entes queridos. Decidido a não servir mais a Ares, Kratos, através de flashbacks ao longo de toda a história, é atormentado pela lembrança de seus atos e procura os outros deuses para fazer um trato e servi-los por dez anos. Ao final desse acordo, o guerreiro procura por Atena, que o livrará dos tormentos e o perdoará por todos os seus atos, mas com uma condição, que ele mate Ares. Kratos aceita a tarefa, mas para realizá-la, terá que encontrar e usar a poderosa Caixa de Pandora, que esconde todos os mistérios do universo. Mas tão grande quanto o poder de possuí-la, está a responsabilidade de usá-la e nem nos seus piores pesadelos, Kratos imaginava o que o destino estava guardando para ele. Com uma narrativa tão intensa e desconcertante quanto a proposta no jogo, “God of War” – traduzido por Flávia Gasi, uma maiores especialistas em games do país - , prende o leitor da primeira a última página e o convida a largar o joystick e ser guiado por Kratos nessa aventura épica.

Ao ler o curto primeiro capítulo, eu fiquei fascinada. Era como se eu estivesse revivendo a emoção ao jogar pela primeira vez, só que desta vez através da literatura. Realmente o livro tem aquilo que todo mundo espera: várias citações sobre a mitologia grega, ponto de vista sobre Kratos e sobre o Olimpo, algumas cenas entre os deuses, etc. O livro é bom, mas tem defeitos...

No início, o livro prometia muito, mas em muitos capítulos a narrativa ficava cansativa, seguindo uma sequência interminável de ações e mostrando muito pouco a parte reflexiva da história. O espaço temporal da trama foi mal formado, e, pasmem, existem erros de tradução e ortografia! A parte boa é que ele conta com os bastidores dos planos e tramas dos deuses do olimpo, o modo que o espartano adquire as habilidades, possui maior aprofundamento em geralzão mesmo. Apesar de tudo,na minha opinião, o livro não é muito sustentado como obra independente, seu entendimento é melhor pós-jogo. 

Conclusão: Fiquei bastante chateada, porque esperava muito mais desse livro. Infelizmente, não superou minhas. Pessoalmente, acho a experiencia com o jogo mais gratificante, mas se você tiver interesse na história, pode ler sem medo! Mas procure ter alguma experiencia no console depois.

Leia Também:

18 comentários:

  1. Poxa bem legal. O ruim é isso ne? Por exemplo, você lê uma saga toda de livros, quando vai ver o filme, fica totalmente decepcionada porque muitas coisas mudaram ou simplesmente não citarão no filme. Igual a jogo e livros. Meu namorado é fascinado no jogo silent hill, e quando viu o filme acho bem podrinho. rs
    Adorei seu blog. Seguindo aqui!
    Beijos, www.femininetaste.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Meu irmão falou desse livro, mas nao tive a oportunidade de ler...
    Bom.. se nao é como o jogo é tenso... gostei muito dele! Querida, adorei seu blog, não o conhecia... já estou seguindo! beijos

    http://balacaramelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Puts ! gostei muito da tua resenha Vân ! nunca joguei god of war,pois tinha medo na época ueheueheu...só gostava de vê meu irmão jogar mesmo u.u
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu ja ouvi meu amigo falar mas nao conhecia. Parece ser realmente muito bom.

    conclusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. que pena que realmente não superou o jogo, igual Assassin's Creed. O pessoal tinha tudo pra fazer um dos melhores livros e pisaram na bola

    ResponderExcluir
  6. Nossa, é mega chato quando a gente tem muitas expectativas em relação a um livro, e acha ele meia-boca, né? Isso acontece direto comigo, já teve vários livros que eu queria muito ler e cacei feito louca, e quando li acabei me decepcionando.
    Ah, faça mais resenhas sim. E concordo com você - tem que ser livros não clichês. :D

    Beijinho. :*

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Não tenho muita vontade de ler o livro, pois não faz meu gênero, mas parece ser legal para quem curte, que pena que o livro não superou suas expectativas.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-diario-da-selecao-kiera-cass.html

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Nunca li livros baseados em jogos, até porque não costumo jogar muito tbm rs. Uma pena vc não ter gostado tanto :/
    Bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gente, que capa é essa?
    Eu nunca li um livro que fosse baseado em jogos, esse seria o primeiro que já coloquei na lista. Nos últimos dias, coloquei tanto livro na lista, que nem sei por onde começar... Acho que preciso apreciar a leitura deste livro para tirar minhas próprias conclusões...
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Curto muito estes enredo que envolve deuses e afins. Este eu não conhecia o livro, e nem o jogo na verdade. Uma pena que você ficou decepcionada.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Já vi esse livro por vários lugares, mas conheci primeiro o jogo, pois meus irmãos jogavam aqui em casa e eu acho a premissa bem interessante, mas não sei se um dia o lerei.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Quando vi seu post já vim super animada saber um pouco mais sobre o livro! Pra falar a verdade, eu nem sabia da existência dele uahuauhahu Mas já aproveitei muito o jogo, na época de ps2, e fiquei interessada :) Mas infelizmente, acho que o livro não conseguiu desenvolver muito bem a história... E, pelo o que você falou, acho que aqueles que já jogaram vão acabar se decepcionando também :( Então acho que eu vou ficar só com o jogo mesmo uahahauahuhua

    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Gente! Amei seu blog (me identifiquei muito contigo). Vou acompanhar por aqui

    Adoro God of War <3 Livros de jogos sempre acabam sendo meio fracos mesmo... mas vou dar uma lida depois!

    Luiza Liz
    Hello Liz - https://www.youtube.com/channel/UCHHOLxS27CM6-YZmclJfONw?sub_confirmation=1

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bem?
    Não conheço o jogo, logo, nunca tive vontade de ler os livros...
    Que pena que o livro não atingiu suas expectativas, tão ruim quando isso acontece...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Nossa, mas que pena...
    Eu ia comprar esse livro para dar de presente para uma amiga que assim como voce ama esse jogo e leio isso :/ que pena

    beijosss
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Então, nunca joguei esse jogo que falou, creio, portanto, que o livro não é para mim. Achei a capa super legal, a sinopse é essa coisa que promete, mas é melhor deixar para quem já jogou, pois não gosto de ficar perdida na história.

    Ah, eu gosto da ideia de trazer mais resenhas de livros para o blog ^^

    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Não sou muito fã de livros baseados em videogames porque não jogo muito e pelo visto esse livro não foi feito para mim. Me sentiria um pouco perdida com a narrativa. É uma pena que a história não tenha te cativado.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Depois que eu tentei ler os livros de Assassin's Creed e quase morri de tédio, livros baseados em games me deixam com o pé atrás exatamente pelas razões que você disse sobre este: começam legal, e terminam blergh!

    Mas tem um que li e gostei que foi Resident Evil, foi uma leitura rápida e contou a história do jogo muito bem.

    Beijos
    http://coolturenews.com.br

    ResponderExcluir

[name=Vân Crist] [description=Your Description Here] (facebook=https://www.facebook.com/vaniacristinast) (twitter=https://twitter.com/VanzZombie) (instagram=https://www.instagram.com/vancrist/) (pinterest=https://pinterest.com/vancrist/) (tumblr=http://zombieffect.tumblr.com/)

@vancrist