Theme Layout

layout_first_grid

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

[Boxedwidth][caption2]

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

userId: 200280022, accessToken: '1677ed0.27286c4787d645babafe132cb8a61844',

Dark or Light Style

Projeto coletivo Halloween: livros que ousamos folhear à luz de velas



Como todo mundo já sabe, Outubro é mês de Halloween, então a Thamy propôs um post coletivo lá no Blogs Rock n' Roll especial para a data. Foi proposto que cada participante escolhesse um tema referente a data para realizar a postagem, e, como o título sugere, a minha escolha foi a de falar do horror vindo através de livros, já que tenho uma ligação intensa com a literatura.

Primeiramente, vou falar um pouquinho de como adquiri esse amor à literatura de suspense, terror, fantasia e outros. Tudo começou ironicamente na biblioteca da igreja dos meus pais. Como já cresci tendo o costume de ler, sempre procurava livros novos, que me despertassem algum interesse. Eu era pequena, tinha menos de 10 anos, e em um dia qualquer, olhando os livros da biblioteca da igreja, achei um com uma ilustração que me chamou atenção: "Ele veio para libertar os cativos" possuía uma ilustração de uma pessoa em meio a um ritual satânico, mostra de um lado um ser do inferno, do outro um ser divino, meio que "disputando" a pessoa. Lendo a contracapa, vi que estava escrito "baseado em fatos reais", o que me deixou mais curiosa ainda. Mesmo sendo um livro cristão, em toda sua trajetória fala muito sobre o satanismo, hipocrisia cristã, e, claro, sobre diversas experiências satânicas que uma mulher obteve, inclusive, encontros com demônios. 

A partir desse momento da minha "infância/adolescência", comecei me encantar por histórias que envolviam o sombrio, o sobrenatural. Não conseguia achar mais nenhum livro igual, então apenas relia as partes que mais tinham me assustado de primeira vez. Alguns anos depois tive a oportunidade de ler meu primeiro livro de Stephen King: "Carrie, a estranha",  sobre uma garotinha com poderes de telecinese; e após ele, Grau 26, de Anthony E. Zuiker (visionário criador de CSI), envolvendo psicopatia e assassinatos. Esse foi o início do amor pela temática psicopata também, e o interesse por casos de serial killers e semelhantes.

Hoje, posso dizer que sou uma amante de livros de terror. Na minha humilde biblioteca caseira, eles são maioria. Gosto muito de outros estilos também, como fantasia, suspense, ficção científica e outros, mas posso dizer que isso também se derivou do bom e velho livro de terror, que também influenciou meu gosto sobre filmes, jogos, seriados, etc.

O Massacre da Serra Elétrica  [arquivos mortos], uma aquisição recente da Darkside Books
"Mas porque gostar de livros assim?" Eu gosto de ver aquele lado que a maioria ignora. Ver até onde a mente humana é capaz de ir. Ver o lado sombrio das coisas, e admirá-lo. Pra finalizar, gostaria de deixar o trecho do qual retirei o título desse post. Desde a primeira vez que li, senti que era uma descrição perfeita sobre a atração por livros de terror, fantasia, suspense. Foi retirado da do site oficial da editora Darkside Books:

"Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. Gostamos do grotesco, do fantástico, do infame. Celebramos nosso lado sinistro com monstros em VHS, download de games, LPs tocados ao contrário. E, principalmente, com livros que ousamos folhear à luz de velas. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d' O terror. O terror. Você é um dos nossos.
Certas coisas nunca hão de morrer. A atitude punk. Os zumbis de George A. Romero. E, é claro, um bom livro. Ele é muito mais do que um objeto de papel. Já foi feito de rocha, pele de carneiro, papiro. Hoje, pode estar armazenado nas nuvens, como sempre esteve em nossa memória. A tecnologia apenas expande as possibilidades - o prazer de contar e recontar histórias continua igual. O livro é um universo em si mesmo. Um acervo de personagens inesquecíveis que guardamos na cabeceira da cama, e que à noite volta para povoar nossos sonhos."

Leia Também:

30 comentários:

  1. "Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete." Adoreeeeei! Principalmente esse trecho tirado do site da editora, abalou as estruturas haha

    Não tem como não se fascinar pelo que é macabro <3

    ResponderExcluir
  2. Vân, tão legal você falar de como começou a gostar da literatura de horror. Me identifiquei muito com o trecho da Darkside. Eu comecei a me interessar pelo tema quando criança também, mas fui mesclando em livros, filmes e música. Infelizmente ainda não li tudo na literatura de horror quanto eu quero, mas estou providenciando!
    beijo :*

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post Vân! É muito bom saber que há artifícios, um artifício legal, de nos levar a outro mundo! E esse trecho, me arrepiou. Me identifiquei bastante com ele. Beijos.

    http://omeunaoincrivelmundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu amo livros e filmes de terror, amo pesquisar coisas macabras, sou considerada a estranha da família, auheuaheuahueha. Adorei o post! ^.^ Vân, você não lembra do nome desse livro que você disse ter te "despertado" para o terror, que você encontrou na biblioteca da Igreja? Fiquei com vontade de procurá-lo!

    Esse trecho da Darkside Books ganhou meu coração. Ele diz tudo! <3

    Beijinhos. :*

    ResponderExcluir
  5. Também ADORO esse tipo de leitura, e isso me lembrou que faz um bom tempo que não leio um livro por completo. Comecei a me interessar por essa parte da literatura bem tarde na verdade, apesar de ter sido "estranha" desde muito cedo haha

    "Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. " é exatamente isso! :D

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei demais seu post Van!
    Eu gosto muito de assistir esses programas de assassinos do Discovery ID e também aqueles sobrenaturais, e volta e meia estou pesquisando e lendo em blogs sobre serial killers e coisas do tipo, mas em literatura eu quase nunca li porque nunca conheci bons temas (gosto de Stephen King, mas queria algo mais medonho), quem sabe você não possa me indicar uns?

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua historia de como começou no mundo dos livros de terror!!
    Eu tb adoro esse tipo de livro, tenho alguns da darkside e quero nuito nais, essa editora realmente tá com tudo
    bjoka
    Infinitas Possibilidades - Blogger

    ResponderExcluir
  8. Menina, se eu tivesse lido um livro desses com dez anos eu ia ter altos pesadelos! Ainda mais com essa parte do "baseado em fatos reais".

    No ínicio, quando mais nova, eu gostava bastante de livros épicos e/ou medievais. Hoje em dia leio um pouquinho de tudo.

    Beijão!

    C.F.H.

    Curta aqui!

    ResponderExcluir
  9. É como eu sempre digo, por mais que você tenha medo, você sempre se sentira atraído por essas coisas hahahhaha! Eu sou covardona, mas confesso que gosto bastante. Eu não costumo ler livros, mas amo filmes do gênero! E como amo, cara ajisaisjidjfijg ~xorosa~

    Ta loko eu com 10 anos sairia chorando ao ler aquilo kakakakaka mesmo tentanto ler O Exorcista durante essa fase da minha vida.

    Bom é isso. Um beijão!

    MΛDESSY - http://madessy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Menina, curti muito seu blog, já estou seguindo, curtindo e tudo mais!
    Interface legal e conteúdo maneiro! :D

    universoasfixia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Vânia, eu quero MUITO me aventurar nos livros de terror, mas não sei por onde começar. Me ajuda! Qual livro você indicaria para uma garota cagona mas curiosa como eu?
    Um abraço,
    Monalisa
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  12. Ahh, livros de terror são minha paixão também, você sabe <3 Não preciso nem dizer que amei seu post, né? HAHAHA Gostei bastante de saber como você começou a gostar do gênero, foi bem diferente do que qualquer pessoa esperaria saber sobre como se interessou por livros de terror hahaha Achei isso muito legal também! E Stephen King sempre acaba sendo citado quando falamos sobre esse tema hahaha Impossível não citar o mestre do assunto <3 Huahauha Enfim, adorei tudo!

    Beijosss
    Poison Books

    ResponderExcluir
  13. Van sou apaixonada por terror, e seu post ficou show de bola!!!
    O engraçado é que assisto ao filme de terror mas ler msm eu não leio vai entender neh?
    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Eu já tentei muito gostar de livros assim, mas confesso que eu sou muito fraca pra esse tipo de coisa. Uma vez li um livro que tinha aquela brincadeira do copo e não consegui passar da metade de tão cagona que eu sou.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Vân.
    Que legal esse post.
    Também gosto de livros assim, sou como você, gosto de ver o que as pessoas ignoram e perceber até onde são capazes de chegar.

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Livros assim me dão dor de barriga, literalmente!
    Mas, quando possível, eu sempre pego um para me deliciar.
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oii, tudo bem?
    Aiiii, que muito ler Grau 26!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  19. Oláá
    Caraca até me arrepiei com o trecho que você deixou, na verdade o livro todo deve ser de arrepiar, eu adoro terror e acho que leria sim o livro numa boa, parece ser ótimo, realmente devemos ver aonde conseguimos chegar e tudo mais.
    Ótimo post, adorei.

    Beijos
    Catharina
    http://realityofbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Heey,
    eu sou muito, mais muito cagona. Você não tem noção!
    Então eu meio que me caguei sua resenha inteira ! Eu não leria livro assim nem se me pagasse muuuuuito! Deus que me livre ahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu me considero uma leitora bastante eclética, já encarei livros que todo mundo ama e livros que quase ninguém conhece. Gosto de contemporâneos e clássicos. Mas, definitivamente, o-d-e-i-o o gênero de terror. Sou muito sensível, sei lá. Não consigo encarar histórias assim. Mas achei legal o projeto, parabéns!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi Van
    Adorei a ideia do post coletivo e da uniao entre os blogs, sobre o seu post. Muito interessante e bem escrito, mas menina aiiii eu tenho um problema muito grave com livros, filmes, historias qualquer coisa que seja de terror que vc nao tem ideia kkk
    Morrooooooooooo de medo


    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. #MEDO rsrsr Adorei seu post! Sou muito fã de filmes de terror mas confesso que livros do gênero não fazem parte do meu repertório literário. Tenho que começar a introduzir alguma leitura assim na minha rotina pra dar um arrepiozinho na espinha rsrsr

    BJOS!
    http://luadeneonblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Vânia, não é um dos meus gêneros preferidos, mas já li alguns livros de terror, poucos, é verdade. Legal a ideia do projeto, sucesso para vocês com ele.
    Bjs, Rose
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
  25. Amo livros/filmes/séries de terror! Desde pequena, hahahahaha Lembro de ter 6 anos, assistir A volta dos mortos vivos e ficar morrendo de medo e no dia seguinte pedir pra assistir de novo hahahahhaha Ameio o post! Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Nossa, iniciou no mundo da literatura tão cedo! Quem dera se essa fosse eu. Se eu pudesse eu leria todos os livros da Darkside, a temática é muito boa. Comprei um livro do Stephen mas estou adiando lê-lo, tenho medo do escuro hahaha

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Nossa, eu amo coisas de terror apesar de ser beeem cagona hagdkhsad
    Acho legal e se pudesse ter a oportunidade de ler eu iria gostar.
    letrasemvida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Oi, tudo bem?
    Eu não curto muito livros de terror, embora goste de filmes.
    E nossa, você começou a ler o gênero muito novinha, kkkk.
    Beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Que legal!
    Nessa sexta 13 poderia ter feito isso...
    Acho que na proxima vou fazer, lendo Coraline, já que eu me borro de medo hahaha
    Adorei a postagem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Achei super interessante seu post! Principalmente porque eu nunca gostei do gênero terror, é bem interessante saber o que faz outras pessoas gostarem! Tentei meu primeiro terror ano passado e foi Nosferatu do Joe Hill e foi super tranquilo, gostei muito. Esse ano vou ler A Coisa para um desafio. Vamos ver como me saio com esse! hehehehe

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir

[name=Vân Crist] [description=Your Description Here] (facebook=https://www.facebook.com/vaniacristinast) (twitter=https://twitter.com/VanzZombie) (instagram=https://www.instagram.com/vancrist/) (pinterest=https://pinterest.com/vancrist/) (tumblr=http://zombieffect.tumblr.com/)

@vancrist