Theme Layout

layout_grid

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

[Boxedwidth][caption2]

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

userId: 200280022, accessToken: '1677ed0.27286c4787d645babafe132cb8a61844',

Dark or Light Style

Diálogos insanos, humor negro e referências: Deadpool [Filme]



Deadpool - o filme - estreou no dia 11 de fevereiro aqui no Brasil, e eu que já conhecia um pouco do personagem pelos quadrinhos decidi conferir a obra cinematográfica. A Fox fez um intenso trabalho de divulgação e feedback aos fãs, mas confesso que não participei  do hype e fui ao cinema sem expectativa nenhuma (nem boa nem ruim) afim de ser surpreendida. Funcionou.

A história é sobre Wade Wilson (Ryan Reynolds), um ex-militar e mercenário que depois de começar um relacionamento com a garota de programa Vanessa Carlysle (Morena Baccarin) descobre que está com um câncer terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.


Ok, a história não é nada de diferente, e chega até ser um pouco clichê. Acompanhamos o anti herói indo atrás do responsável por deixá-lo naquele estado, Francis. Mas estamos falando de Deadpool, e a forma como se comporta interagindo com os espectadores durante o filme é muito divertida, a famosa quebra da quarta parede. Ele tem noção que está em um filme e isso rende momentos divertidíssimos com o público e até mesmo piadas com os outros personagens. Falando nelas, ele possui um banco piadístico inesgotável, com muito humor negro e até mesmo frases fazendo inúmeras referências a outros personagens dos universos Marvel e DC.

You’re probably thinking “This is a superhero movie, but that guy in the suit just turned that other guy into a f*cking kebab.” Surprise, this is a different kind of superhero story.
São  108 minutos cheios de  mortes, sexo, diálogos insanos, humor negro, referências e muita risada. É um filme com um estilo totalmente novo que que agrada não só os fãs de quadrinhos, mas qualquer pessoa que gosta de filmes de heróis. Achei que a Fox cumpriu a missão na representação cinematográfica do personagem, mesmo achando que eles podiam ter arriscado um pouquinho mais. “Deadpool” é uma experiência divertidíssima, imperdível e, é claro, indicadíssima.


Título: Deadpool
Ano: 2016
Diretor: Tim Miller
Duração: 1h 48m
Gênero: Ação, Comédia
Classificação: 16 anos
Minha avaliação★★★

Leia Também:

Nenhum comentário

Postar um comentário

[name=Vân Crist] [description=Your Description Here] (facebook=https://www.facebook.com/vaniacristinast) (twitter=https://twitter.com/VanzZombie) (instagram=https://www.instagram.com/vancrist/) (pinterest=https://pinterest.com/vancrist/) (tumblr=http://zombieffect.tumblr.com/)

@vancrist