Theme Layout

layout_first_grid

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

[Boxedwidth][caption2]

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

userId: 200280022, accessToken: '1677ed0.27286c4787d645babafe132cb8a61844',

Dark or Light Style

Iron Maiden World Tour 2016 - Realizando meu Sonho de Infância



Em todas as postagens de música daqui em que falei do Iron Maiden, deixei bem claro que a banda teve (e tem) uma grande importância na minha vida desde quando era criança. Me lembro que todo domingo me reunia com meu irmão pra assistirmos os melhores shows, e sempre imaginava como seria se eu estivesse presente em algum deles. Sonho de infância que me perseguiu até a fase adulta, sonho que tive oportunidade de realizar semana passada.

Eu tinha até planejado tudo com antecedência, mas algumas coisas que ocorreram errado me fizeram vender meu primeiro ingresso e desistir de ir. Só na última semana conheci uma galera que estava indo da minha cidade pra Belo Horizonte de carro, então a esperança ressurgiu e eu fiz uma mega correria de ultima hora. O importante é que consegui.

Não consigo descrever a energia incrível que o local tinha, sério. Parecia que eu tinha vários amigos em um lugar só. Conheci uma porção de pessoas legais, a galera se comunicava com muita facilidade, mesmo nunca se vendo na vida. O evento foi no Mineirão, e eu cheguei bem cedo pra conseguir um lugar mais perto do palco. Todas as bandas entraram no horário marcado. Tudo perfeito.


As bandas que abriram o show foram  The Raven Age e o Anthrax. Sim, isso mesmo, Anthrax, outra banda que eu vivo falando que tá entre as preferidas. Confesso não ter prestado atenção na primeira banda, mas quando o Anthrax entrou em palco... um vulcão de energia atingiu todo mundo. Obrigada Scott, Charlie, Frank, Joey e Jonathan por tocar minhas favoritas: Got The Time, Antisocial e Indians. Ficou marcado.

Agora quando Bruce entrou no palco sozinho cantando If Eternity Should Fail meu coração quase parou. Não vou descrever todo o show porque isso aqui ficaria enorme... e também porque talvez não consiga descrever tudo com simples palavras. Duas horas de show com explosões de colunas de fogo, a presença do Eddie em duas músicas (gigante Eddie que me deixou com os olhos arregalados), e até mesmo de um Baphomet enorme quando tocou The Number of The Beast. Maiden existindo pra mostrar que nada vai parar uma banda que deu tão certo ao longo de tanto tempo. Eram crianças, jovens, adultos e até mesmo vários idosos e deficientes, todos juntos em um lugar só, esquecendo as diferenças e cantando todas as letras juntos. Comigo. Agradeci a mim mesma por ter ido mais cedo e ter ficado perto do palco e por não ter deixado essa oportunidade passar. Um dos melhores momentos da minha vida do qual lembrarei sempre.

 Playlist da turnê: 



Não foi meu primeiro show, mas nunca tinha ido em nenhum show de alguma das minhas bandas preferidas. Consegui reverter isso e ver duas bandas que amo em uma noite só. Thanks vida

Leia Também:

Nenhum comentário

Postar um comentário

[name=Vân Crist] [description=Your Description Here] (facebook=https://www.facebook.com/vaniacristinast) (twitter=https://twitter.com/VanzZombie) (instagram=https://www.instagram.com/vancrist/) (pinterest=https://pinterest.com/vancrist/) (tumblr=http://zombieffect.tumblr.com/)

@vancrist